Como fazer Óleo Corporal de Lavanda/Lavandim Natural – DIY

O óleo corporal natural é o melhor para hidratar e nutrir a pele! Este é o óleo corporal de Lavandim, híbrido da Lavanda!

A Lavanda e o Lavandim são maravilhosos e cheios de benefícios; recuperam machucados, queimaduras, assaduras, picadas de insetos, tratam acnes, deixam a pele aveludada, equilibra a pele seca e a oleosa, tratam sintomas de tpm, cólicas e muito mais! É anti-inflamatório, antibacteriano, antifúngico, analgésico, antisséptico, tônico, adstringente, sedativo, desodorante, é maravilhoso e muito mais! haha

miniatura-lavanda

Pode ser usado em crianças para combater assaduras e brotoejas ou como uma massagem relaxante antes de dormir. O Óleo de coco também é antifúngico, antibacteriano e antiviral, o que promove uma melhora na imunidade e ótimo remédio contra brotoejas, assaduras difíceis, micoses, etc.

Outra forma que adoro usar e esqueci de falar no vídeo, é como desodorante! Passo esse óleo nas axilas em movimento circular e depois polvilho bicarbonato de sódio por cima! Não fica branco, não fica oleoso, não mancha minha roupa e é cheirosinho. Nunca tive axilas tão branquinhas!

Esse óleo corporal é só amor e por isso compartilho com vocês 

Segue o vídeo de como fazer esse óleo corporal maravilhoso, e depois eu dou umas dicas para vocês!

Ingredientes

  • óleo vegetal puro (pode ser óleo de coco, óleo de amêndoas, óleo de semente de uva, etc)
  • óleo essencial de lavanda ou lavandim
  • potinho com tampa

A cada 15ml de óleo vegetal, adicione no máximo 3 gotas de óleo essencial.

Coloque o óleo vegetal no potinho e adicione as gotinhas de óleo essencial. Misture bem e está pronto para usar!

O óleo de coco vira uma pasta em temperaturas baixas, se o seu óleo de coco estiver duro, é só derreter em banho maria e adicionar os óleos essenciais por último, misturar bem e ele voltará a ser uma pastinha!

Espero que gostem e desfrutem dos benefícios!

Angélica Azambuja.

Anúncios

Como fazer Óleo Corporal de Tangerina Cravo Natural – DIY

O óleo corporal natural é o melhor para hidratar e nutrir a pele! Este é o óleo corporal de Tangerina Cravo, ou como muitos conhecem, Bergamota!

A Tangerina é maravilhosa para a pele! Combate estria, celulite, flacidez, linhas de expressão (rugas), queloides, melhora cicatrização, revitaliza a pele cansada, cólicas, gases, indigestão, e muito mais! É antisséptico, sedativo, tônico, anti-espasmódico, citofilático, é maravilhoso, e muito mais! haha

miniatura-tangerina

Por ser uma fruta cítrica só pode ser usada de noite, pois o contato – mesmo que indireto – com o sol causa manchas e queimaduras na pele!

A Tangerina também pode ser usada em bebês e gestantes, e seu aroma estimula a criatividade e auto-estima, é estimulante ao mesmo tempo que diminui a ansiedade e é antidepressivo, lhe dando uma alegria de viver!

Confesso que aprendi a me amar e aceitar de verdade depois dos “rituais de beleza” noturno que passava esse óleo em todo corpo, depois do banho.

Esse óleo corporal é tudo de bom e um pouco mais, por isso compartilho com vocês! ❤

Abaixo segue o vídeo de como fazer o óleo corporal de tangerina e umas dicas no final!

 

Ingredientes

  • óleo vegetal puro (óleo de coco, ou óleo de amêndoas, ou óleo de semente de uva, etc)
  • óleo essencial de tangerina cravo
  • potinho com tampa

A cada 15ml de óleo vegetal, adicione no máximo 3 gotas de óleo essencial.

Coloque o óleo vegetal no potinho, e em seguida as gotinhas do óleo essencial. Misture bem e está pronto para usar!

O óleo de coco vira uma pasta em temperaturas baixas, mas é só derreter ele em banho maria, adicionar o óleo essencial no final, misturar bem, colocar nos potinhos e esperar esfriar que voltará a ser uma pastinha.

Espero que tenham gostado e desfrutem desses benefícios!

Abraços e beijos,

Angélica Azambuja.

Hidratando o Cabelo com Argila, Mel e Chá! – No Poo

Descobri esses dias uma hidratação muito legal para os cabelos, que hidrata e limpa ao mesmo tempo, principalmente para quem faz No Poo! É a Hidratação com Argila, Mel e Chá, que no caso eu usei camomila para clarear meus cabelos, mas você pode usar outros chás, o de alecrim é ótimo para dar brilho, controlar caspa e oleosidade e estimular o crescimento do cabelo.

O que sobrou do chá na peneira passei no rosto, rss, nada de desperdícios.

hidrata argila mel camomila

Primeiro vamos fazer o chá:

  • 1 xícara e meia de água
  • 2 colheres de sopa de erva seca (do chá de sua preferência)

Ferva a água, desligue o fogo e adicione a erva seca mantendo tampado até amornar. Depois coe. Você terá o chá.

Próximo passo:

  • 4 colheres de sopa de argila
  • 3 colheres de sopa de mel

Adicione ao chá a argila e o mel e misture bem. Aplique tudo nos cabelos secos, massageie com carinho o couro cabeludo (a argila faz uma esfoliação e remove impurezas do couro cabeludo). Não fica grudento, no começo o cabelo fica bem seco, dá impressão que tem pouca água, porém com o passar dos minutos o cabelo fica molhado e começar a escorrer o chá.

Deixe por 40 minutos e depois lave o cabelo como de costume. No meu caso é só água pois faço No Poo e a argila já age como limpante!

Retirei tudo com água ambiente, joguei vinagre nos cabelos, deixei por 1 minuto e enxaguei com água fria. Deixei secar naturalmente e só. Usei 1 colher de sopa de vinagre diluído em 500ml de água. Eu uso pente de madeira.

Você pode substituir o chá de camomila (que clareia cabelos claros) por outros chás, como o de alecrim por exemplo, que é ótimo também e ajuda a dar brilho, crescimento do cabelo, controle da oleosidade, etc. Pode usar a argila que gostar também, tem de várias cores e cada cor tem sua função!

antesdepois hidratacao

O resultado da hidratação foi nítido! Meu cabelo ficou mais claro por causa da camomila, e mais brilhoso e leve.

Espero que façam! Lembrando que a hidratação só será boa para o seu cabelo se ele estiver precisando de uma hidratação! Não é legal exagerar nas etapas do Cronograma Capilar, não esqueça de fazer nutrição e reconstrução sempre que necessário!

Abraços apertados,

Angélica Azambuja.

Chá de Folha de Acerola em uma Tarde Preguiçosa

Adoro chás e sempre tenho mania de pesquisar pelos benefícios dos chás conhecidos, como boldo e melissa por exemplo, mas nunca tive a ideia de fazer chá com o que nasce na minha terra. Então em um dia desses que está fresquinho e a gente acorda quase na hora do almoço, resolvi pesquisar se era possível fazer chá com as coisas que tenho no quintal.

E para minha alegria descobri que tenho chás preciosos na minha terra! Escolhi fazer um chá com as folhas da minha aceroleira, que é entre tantas coisas: rica em vitamina C (muito mais que laranja e limão), contém ferro, cálcio e fósforo, preserva as vitaminas no nosso corpo, fortalece o sistema imunológico sendo ótimo também para gripes e resfriados e problemas inflamatórios na gengiva.

Eu poderia ter feito um chá das folhas da minha goiabeira, que é um ótimo chá também, mas deixei esse para outro dia.

Lá fui eu inventar meu próprio chá. Se não for tóxico, gosto de chá forte. Receitas para quê? Hahaha. São folhas, então vai por infusão.

post001.jpg

Colhi as folhas e lavei, uma xícara de folhas mais ou menos, coloquei duas xícaras de água para ferver na minha panela esmaltada (uso somente para esses fins) e enquanto isso macerei as folhas da acerola em um pilãozinho de plástico. Esse pilão é muito ruim, eu tenho que criar vergonha e comprar um melhor!

post002.jpg

Enfim, assim que a água ferveu desliguei o fogo e adicionei as folhas com o caldinho que soltaram e tampei até amornar.

post003.jpg

Deve ter ido uns 20 minutos.

Enquanto esperava encontrei Pedrinho, meu filho, brincando na poça de chuva! Hahaha, coisa gostosa! Depois da brincadeira, banho e… o chá!

post005.jpg

Estava no ponto, coei e degustei um chá morninho, verdinho, cheirosinho. Com um sabor típico e leve gostinho mentolado ao fundo. Não tenho costume de adoçar chá e café, mas fica ao seu gosto.

post006

Até meu filho quis dar uma bitoca, rss.

post007.jpg

Bebi meu chá de folhas de acerola na tranquilidade do meu lar, com meu filho mamando ao peito e vários brinquedinhos dele pelo chão da sala.

post008.jpg

Não esquece de devolver para a terra o que é dela, heim! Adoce o chá depois de coar, e o que sobrar no coador jogue na natureza, pode ser um pedaço de terra na calçada, no chão do seu condomínio, perto de uma árvore, em uma terra solitária e infértil. Não vale chão de concreto, azulejo, etc. O mundo agradece!

E o almoço saiu mais tarde esse dia. Hmmm, que dia gostoso. Adoro diazinhos assim! E já parou para pensar se não tem chás interessantes pertinho de você?

Beijos, beijos;

Angélica Azambuja

Naturebismo, Lá Vou EU!!!

Já estou lá, estou indo, irei… não sei ao certo, rss. Só sei que esse novo modo de viver é algo que eu procurei por muito tempo. Sabe quando você quer algo mesmo não sabendo muito bem o que é, ou sem ter ideia alguma do que é isso? Eu ainda tenho muitos “algos” para encontrar a resposta, mas o naturebismo, naturalismo ou seja lá como for, é um destes “algos”.
Bom, não vou dar uma aula aqui, por isso vou explicar bem basicão e quem se interessar procura sobre o assunto (e vai amar! rss).
O naturebismo ou naturalismo é um modo de viver mais natural na medida do possível, afinal não quero ficar sem luz, sem água encanada, sem a farinha pronta que faz o meu bolo/pão, sem os óleos, sem a praticidade, etc. Mas eu quero e posso – por mais que muitos digam que não – ficar sem a maioria das coisas industrializadas, como cosméticos (shampoos, perfumes, maquiagens, etc), alimentos (processados, enlatados, industrializados no geral), produtos no geral (limpeza pesada, toxinas contra pragas, etc) e medicamentos.
Além de ser uma melhora imensa para a minha saúde (quanto menos destes produtos, menor exposição eu tenho aos seus químicos agressivos) é muito útil para nosso planeta, o lindo meio ambiente, nossa mãe terra (gaia).
E o mais legal disto é que não se fica sem estas coisas citadas acima, elas são apenas substituídas por alternativas naturais e saudáveis (e acredite, na sua maioria, muito mais eficientes!).
Vou deixar alguns exemplos para quem se interessar, porém é importante pesquisar e ver o que funciona melhor para você. A natureza não nos trata como lotes ou como farinhas do mesmo saco (o que a indústria faz conosco), por isso o que funciona para mim pode não dar certo para você, e quanto mais informação sobre o assunto, mais alternativas e emponderamento você tem.
Substituir o desodorante por
  • Óleo de Coco
  • Bicarbonato de Sódio
  • Leite de Magnésia
Substituir o shampoo e condicionador por
  • Técnicas No Poo ou Low Poo. – pesquisar No e Low Poo
Substituir os repelentes, por
  • Óleo de Neem
Substituir pasta de dentes por
  • Pó de Juá
  • Pó de Juá + outros pós (canela em pó, cravo em pó, gengibre em pó, berinjela em pó, cúrcuma, etc)
Substituir enxaguante bucal por
  • Óleo vegetal – pesquisar Oil Pushing
  • Água + bicarbonato + Óleo essencial (menta, hortelã, melaleuca, etc)
Substituir maquiagem – base – por
  • Amido de milho + cacau em pó
Substituir maquiagem – rímel – por
  • Óleo de coco + carvão ativado
Substituir maquiagem – blush – por
  • Amido de milho + urucum
  • Amido de milho + beterraba em pó
Substituir maquiagem – sombra – por
  • Marrom: Amido de milho + alfarroba
  • Dourada: Amido de milho + açafrão
Substituir perfumes por
  • Óleos essenciais misturados ao agrado do seu olfato.
  • Absoluto de Baunilha para cheiros adocicados
  • Exemplos de óleos: Gerânio, Ylang Ylang, Patchouli
Estes são alguns que sei, muitos eu não testei ainda. Todos peguei no grupo Naturebismo do Facebook, é um grupo cheio de pessoas dispostas a ajudar!
Está na minha lista de desejos o Óleo de Coco, Pó de Juá e Óleos Essenciais de Melaleuca, Hortelã, Baunilha e Laranja ou Limão.
Tenha em vista que se você está acostumado com os produtos industrializados, ver essa lista pode parecer loucura, tipo, “Você vai colocar amido de milho e chocolate na cara?”, mas se o efeito é satisfatório, não contém toxinas (como todas as maquiagens tem!) e não agride o meio ambiente… Qual o problema?
E quando falei para o moço da zoonose que passei água + vinagre + álcool na minha cachorrinha para tirar os carrapatos ele disse que poderia dar alguma coisa nela, para não fazer mais isso. E em seguida me recomendou aplicar nela carrapaticida (como butox) diluído em água e enxaguar. Sério, o que realmente pode fazer mal, um carrapaticida altamente tóxico ou vinagre e álcool?
Ao se falar em receitas e misturas caseiras todo mundo fica com um pé atrás, mas ao usar um produto industrializado cancerígeno ou que é comprovado que cause outras doenças, “Ah, tudo bem, se está à venda é seguro…”.
Vamos parar e pensar um pouco mais sobre isso? 😀
Comecei o No Poo três meses atrás, amei, apaixonei pela técnica e aderi ao meu estilo de vida. Também eliminei carnes da minha vida e agora estou descobrindo formas não agressivas de me cuidar (e me amar). Essas misturinhas são só amor, e sempre que tenho dúvidas vou lá no grupo e sou sempre bem acolhida! Ainda tenho muito o que aprender e mudar na minha vida, é um processo lento e muito satisfatório, exatamente por isso não sei ao certo qual minha posição nessa história… Dentro, fora, quase lá? rss
Se você tem receitinhas e misturinhas saudáveis e naturais, compartilha aqui com a gente! Conhecimento nunca é o bastante, rss.
obs: achar uma foto legal com direitos autorais livres é uma missão quase impossível… espero que se contentem com as minhas, rss

Dicas para ter Sucesso em uma Reeducação Alimentar!

Por ter feito uma dieta super rígida sem industrializados, leite, ovo, soja, castanha, peixe, mamão, banana e seus respectivos derivados por 10 meses, tenho muita experiência e vários conselhos para quem deseja iniciar uma dieta rígida e consequentemente uma reeducação alimentar.

 

Antes de tudo é importante saber o motivo desta mudança alimentar.

  • Se for por despertar da consciência ou desejo de uma vida saudável.
  • Se for por estética (emagrecer ou engordar).
  • Se for por necessidade e risco de doença

 

Cada motivo lhe fará encarar a dieta de uma forma diferente. Eu, por exemplo, quando iniciei a dieta foi por necessidade, estava suspeitando de alergias alimentares no meu filho e caí na dieta de corpo e alma sem tempo para pensar!
Se o motivo não for por necessidade e doença, é preciso muita determinação! Pois o fator doença nos gera o medo, que é um ótimo motivador para se manter na dieta. Portanto se seus motivos para a reeducação alimentar forem estéticos, ser saudável ou politicamente correto… deixo avisado desde já que é um processo lento, não desista nos primeiros tropeços!

 

 

Substitutos

Ter uma boa alimentação ou restrição alimentar não é motivo para passar fome ou esquecer o seu paladar. Encontre substitutos para aquelas coisas que você sente que não consegue viver sem! Eu amava requeijão, margarina e doce de leite para passar no pão. E de repente me vi privada destas coisas (inclusive do pão francês!). Claro que eu sofri, mas fui atrás de alternativas e descobri um requeijão caseiro feito de mandioca, descobri que o azeite de oliva e orégano são maravilhosos e que o leite de coco e açúcar mascavo dão um belo doce caseiro!
São as mesmas coisas? Não! No começo estranhei, me adaptei. Um ano depois posso dizer que o que eu comia por obrigação hoje virou um prazer, um hábito! Hoje eu prefiro o azeite e orégano do que a margarina!

Reeduque sua mente

Tudo começa na nossa mente. A reeducação alimentar assusta pois nos tira da zona de conforto e mexe com toda a nossa vida. Facilita muito se você enxergar como um novo estilo de vida e estiver disposto a descobrir uma nova forma de viver, conhecer novos sabores, novas receitas, sair do “casulo”.
Não compare os alimentos, por exemplo um suco adoçado com melaço tem sabor diferenciado de um suco adoçado com açúcar refinado. Sempre que possível dê uma segunda chance ao alimento, pode ser que você provou com uma expectativa de ter um determinado sabor e ao não sentir esse sabor você diz que o alimento é ruim, sendo que na verdade ele é apenas diferente do que você conhece!

Pesquisar receitas

No início de uma reeducação alimentar as receitas são muito importantes pois nos dão uma direção. Se por exemplo você precisar retirar o glúten, ao ler várias receitas começará a entender como pães, tortas e bolos sem glúten funcionam.
Provavelmente os ingredientes usados nas novas receitas serão diferentes e alguns você nunca ouviu falar, por isso faça as compras, atualize sua dispensa! Não tem problema se as pessoas na sua casa comem coisas que você não pode, o problema está em você não ter o que comer! Não tem problema a geladeira ter comida pronta que você não pode, o problema está em não ter uma comida pronta que você pode!
Se constantemente você sente sem variedade ou até mesmo sem comida, é preciso urgente pesquisar e comprar alimentos diversificados que você pode comer e encontrar receitas bacanas.

Variedade de Receitas

Não fique na mesmice, aproveite a internet e aprenda vários tipos de receitas. As rápidas e práticas de fazer, as sofisticadas, as simples, as gourmet. Cada receita lhe será útil para cada ocasião, mesmo as que você ache impossíveis de fazer um dia, poderão acabar na sua cozinha.
Se sentir vontade de comer algo diferente, pesquise, será que existe essa receita? Se não existir, invente! Faça cozinhaterapia, rss, e depois compartilhe a nova receita com seus amigos.

Sempre tenha algo em mãos

A pior coisa que tem é estar com fome e não ter nada para comer, isso com certeza aumenta as chances de quebrar a dieta! Deixe em fácil alcance coisas nutritivas, como frutas, cereais, castanhas, etc. Se você sentir vontade de comer algo que não pode, encha sua barriguinha com coisas que você pode (mesmo que você não as ache tão gostosas quanto!). Depois de saciado a vontade passa, pois geralmente a vontade, principalmente por doces e carboidratos, é uma tentativa desesperada do corpo obter energia fácil!
Tenha sempre em mãos uma receita coringa, aquela rápida de fazer para não sair de casa com fome caso perca o horário. Vale a pena sempre deixar algo preparado, nem que seja congelado, eu costumo ter sempre um lanchinho à mão, odeio sentir fome!
Aqui a regra de ouro para não quebrar a dieta é sempre ter algo que possa comer por perto. Por isso a marmita é essencial sempre que sair de casa, mesmo que por pouco tempo. Imprevistos acontecem, a saidinha pode se estender, e ter uma maçã ou biscoito na bolsa ajuda muito!

Só por hoje

Conhece esse mantra? É muito mais fácil levar a vida (não apenas no quesito alimentar, mas em todos) no “só por hoje” do que pensar “terei que viver assim para sempre ou por mais não sei quantos anos”. Na realidade, sobre o tempo, tudo o que temos é o agora, portanto não vale a pena se chatear ou estressar pelo amanhã, viva o agora, mate um leão de cada vez. Saboreie mais um dia vivido, aprenda com mais uma queda; tudo no agora.

 

Caso queira receitas APLV, sem leite, soja e ovos, visite Meu Mundo APLV!